Aparentemente tem-se um número incalculável de empresas buscando profissionais na área de TI. Com o mercado “aquecido” e com o desequilíbrio de “oferta e procura”, as vagas são preenchidas por­ profissionais com as mais diversas características, competências, conhecimento, visão.

Tratando o profissional apenas como um vendedor de trabalho, podem-se separar os profissionais de TI em dois grupos: os que vendem solução e os que vendem produto.

Quando um cliente (um parceiro de trabalho, um chefe, um cliente final) solicita uma tarefa já formatada, a maioria dos profissionais agradece ao solicitante por já saber exatamente o que quer. Alguns ousarão perguntar: “Para que será utilizado?”, “Por que quer comprar exatamente dessa forma?”, “Qual a expectativa a ser atendida?”.

São raros os profissionais que estão preocupados com o alinhamento da área de TI com a área de negócios. Obviamente essa visão não é uma característica padrão do mercado. O paradigma atual poderia ser resumido em: Cliente que não sabe comprar corretamente e profissionais vendendo o que o cliente quer comprar. O resultado acaba sendo de soluções medíocres, com clientes insatisfeitos e com frases prontas de crítica e rótulos negativistas para a área de TI. A excelente notícia é que conseguimos encontrar profissionais e empresas que criaram sua própria filosofia de trabalho baseada em TI como meio e não com fim, como fornecedor de soluções que potencializem os negócios e as pessoas do processo produtivo.

O mercado, cada vez mais, clama por profissionais que consigam entender as necessidades de negócio do solicitante e consigam criar uma solução adequada para atender às expectativas iniciais. O profissional não deveria tentar enquadrar os seus respectivos produtos ao solicitante. Esse tipo de profissional limita as possibilidades, agrega pouco ao mercado corporativo e atrapalha o potencial da TI para os negócios.

Vale uma pequena reflexão: Quanto conhecimento musical que Beethoven para compor a Sinfonia n.º 9 em ré menor, quando já estava praticamente surdo?

Será que os profissionais de TI tem conhecimento suficiente de sua área e da área de seu cliente para criarem soluções tão fantásticas, mesmo sem um computador em sua frente?

Resumindo:

O vendedor de solução é aquele que tem a capacidade de, ao ouvir o cliente, visualizar o cenário funcionando de maneira adequada, eficiente, produtiva.

O vendedor de produto é aquele que, ao ouvir o cliente já lembra das promoções vigentes, das margens dos produtos, das campanhas e das metas que estão em evidência.

Quem você é? Quem você quer ser?

Seja feliz!

 

Sobre Mauricio Real Prado

Mauricio Real Prado escreveu 4 artigos no blog.

Share →

3 Responses to Profissional de TI Vendedor de Solução x Vendedor de Produto

  1. Guilherme Humberto says:

    Bom dia a todos!

    Já me deparei com dificuldades em trabalhos realizados pela equipe de TI. Recentemente tivemos que terceirizar o serviço de TI, ação que tivemos muitos problemas.

    Depois de tanto “apanharmos” com empresas que vendiam bem mas não entregavam, só conseguimos sucesso depois de muito tempo, com a empresa Tech For TI.

    Realmente essa empresa nos proporcionou o serviço esperado e conseguimos alinhar as necessidades com as nossas expectativas!

    Parabéns Tech For Ti!

    Segue o link abaixo como dica!

    http://www.techforti.com.br

  2. Luis says:

    Temas assim sempre s???o pass???veis de muito debate. O que ??? o melhor a se fazer, a melhor decis???o a se tomar, enfim… Tornar-se estrat???gico ??? um enorme desafio e gostaria de compartilhar com voc???s esse post do Blog da Agility que fala sobre isso. Boa leitura.

    http://goo.gl/Fop8a

  3. Rui Alves says:

    Bom dia, acredito que esse problema poderia ser sanado se os pr???prios t???cnicos de TI tivessem uma forma??????o na ???rea de administra??????o ou contabilidade, ou pelo menos uma no??????o, isso os ajudaria a entender o que seu cliente quer e de que ele precisa.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>