As empresas, em geral, possuem um rigoroso controle sobre o uso de veículos nas empresas. Controlam kilometragem, custo de manutenção, horários de uso, horários de acessos aos pátios, quem utilizou, quando…

O controle torna-se ainda maior quando o veículo utilizado é particular, pagando-se ao proprietário, um valor pelo uso do mesmo. Neste caso, os custos com impostos, manutenção, seguro, ficam todos a cargo do proprietário que, neste exemplo é um funcionário.

Dentro do mundo do dos softwares: como está esta gestão do uso do Software? e a gestão das responsabilidades do uso?

Dificilmente as empresas possuem um controle dos produtos (softwares) que possuem, muito menos fazem a gestão do uso dos mesmos. Quando existe a utilização de software particular na empresa, de quem é a responsabilidade? Onde está o contrato de “locação” deste software? Esta locação é permitida por lei?

O processo de compra de pneus para os carros da frota funciona de maneira ordenada, planejada, e segue um padrão. Não existe a compra de um pneu de cada vez, cada um de uma marca, com uma especificação diferente.

Com software, o planejamento também deve existir. O controle facilita o planejamento, a compra, os backups, os treinamentos. A clareza do cenário deixa os CEOs tranquilos ou cientes dos problemas. O jurídico da empresa fica preparado e munido de contratos, em caso de uma possível fiscalização. Os contadores podem fazer o devido rateio do uso dos softwares, bem como, fazer sua devida depreciação.

A TI sempre terá em mãos os software que a empresa possui, a quantidade de produtos utilizada, quem utiliza, como e quando o utiliza.

Este artigo não tem o objetivo de explicar o processo de Gerenciar Ativos de Software. O objetivo é alertar para a necessidade deste gerenciamento e trazer alguns benefícios da padronização.

Lembre-se que se não fizer o Gerenciamento de Ativos de Software, pode e ouvirá, em caso de problemas: “Eu não sabia! A culpa é da TI.

“Para cada almoço de negócios, faça um jantar à luz de velas.”

Sejam felizes!

Sobre Mauricio Real Prado

Mauricio Real Prado escreveu 4 artigos no blog.

Tagged with →  
Share →

2 Responses to Gerenciamento de Ativos de Software

  1. O artigo ficou um pouco curto! Poderia falar um pouco mais do assunto. Mas não deixa de ser um ponto onde muitas empresas falham.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>