No Exchange Server 2010, antes de executar qualquer tipo de manutenção de software ou hardware em um membro do DAG ( Database Availability Group ), o administrador do Exchange Server deverá primeiro remover este membro. Para isso devemos usar o seguinte script StartDagServerMaintenance.ps1. Esse script também assegura que toda a funcionalidade de suporte do DAG crítica que possa estar no servidor (por exemplo, a função de Gerenciador Ativo Primário (PAM)) seja movida para outro servidor e impedida de ser movida de volta para o servidor. Especificamente, o script StartDagServerMaintenance.ps1 executa as seguintes tarefas:

  • Executa o cmdlet Suspend-MailboxDatabaseCopy para cada cópia de banco de dados hospedada no membro do DAG.
  • Pausa o nó no cluster, que impede que o nó seja e se torne o PAM.
  • Define o valor do parâmetro DatabaseCopyAutoActivationPolicy no membro do DAG como Blocked.
  • Move todos os bancos de dados ativos atualmente hospedados no membro do DAG para outros membros do DAG.
  • Se o membro do DAG atualmente tiver o grupo de clusters padrão, o script moverá o grupo de clusters padrão (e por esse motivo a função PAM) para outro membro do DAG.

Se alguma das tarefas anteriores falharem, todas as operações, exceto as movimentações de banco de dados feitas com êxito, serão desfeitas.

Após a manutenção ser concluída e o membro do DAG estar pronto para voltar à operação, o administrador do Exchange Server, poderá usar o script StopDagServerMaintenance.ps1 para tirar o membro do DAG do modo de manutenção e colocá-lo novamente em operação. Especificamente, o script StopDagServerMaintenance.ps1 executa as seguintes tarefas:

  • Executa o cmdlet Resume-MailboxDatabaseCopy para cada cópia de banco de dados hospedada no membro do DAG.
  • Retoma o nó no cluster, que disponibiliza toda a funcionalidade do cluster para o membro do DAG.
  • Define o valor do parâmetro DatabaseCopyAutoActivationPolicy no membro do DAG como Unrestricted.

Ambos os scripts aceitam o parâmetro -ServerName (que pode ser o nome de host ou o nome de domínio totalmente qualificado (FQDN) do membro do DAG) e o parâmetro -WhatIf. Os dois scripts podem ser executados local ou remotamente.

IMPORTANTE: O servidor em que os scripts são executados devem ter as ferramentas de Gerenciamento de Cluster de Failover do Windows instaladas (RSAT-Clustering).

A solução de alta disponibilidade do Exchange 2010 é integrada ao processo de desligamento do Windows. Se um administrador ou aplicativo iniciar um desligamento de um servidor do Windows em um DAG com um banco de dados montado replicado para um ou mais membros do DAG, o sistema tentará ativar outra cópia do banco de dados montado, antes de permitir a conclusão do processo de desligamento.

No entanto, esse novo comportamento não assegura que todos os bancos de dados no servidor desligados enfrentarão uma ativação lossless.

IMPORTANTE: Dessa forma, é uma prática recomendável realizar uma alternância de servidor antes de desligar um servidor membro de um DAG.

Para realizar a alternância de um servidor pela console do Exchange Server, siga as instruções abaixo:

  1. Na árvore do console, navegue até Configuração da Organização > Caixa de Correio.
  2. No painel de resultados, selecione o servidor de caixa de correio que você deseja.
  3. No painel de ações, selecione Alternância para Servidor.
  4. Na caixa de diálogo Cópias de banco de dados de alternância de servidor, execute um dos seguintes itens:

a)      Aceite a configuração padrão do Escolher um servidor de destinatário automaticamente (em cujo caso, o sistema seleciona automaticamente o melhor servidor de caixa de correio para cada banco de dados que está sendo alternado) e clique em OK.

b)      Clique em Usar o servidor especificado como destinatário da alternância, clique em Navegar para selecionar um servidor de caixa de correio e, em seguida, clique em OK.

Também é possível executar esta alternância usando comandos Shell, conforme exemplos abaixo:

Este exemplo realiza uma alternância para o servidor de Caixa de Correio MDB01. O sistema automaticamente seleciona o melhor servidor de caixa de correio para cada banco de dados ativo no MDB01:

Move-ActiveMailboxDatabase -Server MDB01

Este exemplo realiza uma alternância para o servidor de Caixa de Correio MDB01. Quando o comando estiver completo, o MDB05 hospeda a cópia ativa do banco de dados que estava previamente ativo no MDB04. Como o parâmetro MountDialOverride não é especificado, o MDB04 monta o banco de dados usando uma configuração de discagem automática da montagem de Lossless:

Move-ActiveMailboxDatabase -Server MDB04 -ActivateOnServer MDBX05

Os comandos acima são de extrema utilidade. Ainda mais em um ambiente onde temos cópias de bancos de dados do Exchange de maneira sincronizada. É importante em qualquer manutenção dos membros do DAG, o planejamento e o uso dos mesmos. Em um próximo artigo, publicarei como Instalar pacotes cumulativos, usando os comandos citados neste.

Abraços,

Sobre Erivelto Postai

Erivelto Postai Silva escreveu 28 artigos no blog.

Há 12 anos, atuando na área de Tecnologia da Informação, com vivencia em gerenciamento, desenvolvimento e implantação de projetos, voltados a empresa de pequeno, médio e grande porte. Atualmente, atuando como Gerente de Infraestrutura de TI na Empresa WRA Gestão em Tecnologia da Informação. Responsável por gerenciamento de projetos e também líder da equipe de infraestrutura. Experiência na implantação de servidores de gerenciamento, segurança de borda, servidores de mensageria, servidores de colaboração, gerenciamento de estações de trabalho, licenciamento de software, gerenciamento de ativos de software, MOF, ITIL.

Tagged with →  
Share →

2 Responses to Exchange Server 2010 – Executando Manutenções Em Um Mebro do DAG

  1. Gustavo says:

    Bom dia. Vou fazer uma manuten??????o no hardware no n??? passivo de um Cluster do Mailbox em Exchange 2007.
    As recomenda??????es seriam as mesmas?
    Muito obrigado.
    Gustavo.

    • Ola Gustavo,

      N???o s???o as mesmas recomenda??????es. ??? importante saber qual ??? o tipo de cluster usado no seu ambiente e procurar na documenta??????o oficial do site do TechNet. Se souber qual ??? o tipo de cluster usado, me envie que auxilio na procura. Meu e-mail ??? erivelto@postai.com.br. Abra???os.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>